Curva 90° Fêmea/Fêmea PPR Amanco

Código: UKQJZQQGT Marca:
Opções de Diâmetro (mm):

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

amanco ppr - Tuma Comercial

CURVA DE RAIO LONGO 90°
CONEXÃO UTILIZADA PARA REALIZAR ÂNGULOS NAS INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS, CUJO RAIO MÉDIO DE CURVATURA É MAIOR OU IGUAL A DUAS VEZES O DIÂMETRO INTERNO DA PEÇA.

INFORMAÇÃOConheça a diferença entre joelho(ou cotovelo) e a curva, podendo ser de  45º ou 90º.

Joelho também conhecido como cotovelo, é muito popular em construções residenciais. Ele pode ser encontrado com as curvaturas de 45º ou 90º graus e nas versões com rosca ou comum – que necessita de solda ou cola para cano PVC para ser instalado.Por possuir uma curva curta e ângulos retos, é indicado para terminais de água, com baixa pressão, como chuveiros e torneiras.

A curva, é mais comprido do que o joelho, o que permite a passagem de água em alta pressão. A curva é indicada para pontos de distribuição hidráulica, que não podem sofrer perda de pressão. Esse modelo também pode ser encontrado com curvaturas de 45º ou 90º graus, com ou sem rosca

Existe uma grande diferença entre esses dois elementos que é fundamental para o melhor funcionamento do seu encanamento.

Ambos realizam alteração no sentido do fluxo de água em 45º ou 90º, mas fazem o fluido se comportar de formas diferentes.

O problema do joelho/cotovelo é o raio interno muito pequeno, que estreita demais o fluxo e causa um atrito enorme entre a água e as paredes do cano. Já na curva, com um raio maior, a deflexão do fluxo ocorre de forma mais gradual, minimizando o atrito interno. A esse fenômeno chamamos de perda de carga.

Para uma comparação didática pense no trânsito: para fazer uma conversão fechada você precisa desacelerar para virar, enquanto que em uma curva com raio maior é possível manter a velocidade. Só que o fluxo de água não tem com frear, então ele bate nas paredes internas do cano causando a turbulência.

RESISTÊNCIA E PRATICIDADE QUE REDUZ A NECESSIDADE DE ISOLAMENTO TÉRMICO ADICIONAL

Ideais para condução de água quente e fria em instalações hidráulicas, os tubos e conexões dessa linha são fabricados com material inovador e de última geração, o Polipropileno Copolímero Random – tipo 3. Por isso, oferecem mais segurança, praticidade e resistência em edificações.

1 APRESENTAÇÃO DO PRODUTO

1.1 FUNÇÃO Utilizada na condução de água potável quente e fria em instalações prediais de tubulação rígida.

1.2 APLICAÇÕES Instalações prediais de água quente e fria, em prumadas e ramais de edificações residenciais e comerciais.

2 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Fabricados em PPR (Polipropileno Copolímero Random - tipo 3); Rugosidade absoluta: 0,007mm; Coeficiente de dilatação térmica linear: 0,15mm/(m°C); Cor: Verde; Conexões de transição roscáveis com roscas BSP padrão ISO-7; Tubos fabricados em 3 Pressões Nominais: - PN12 (12Kgf/cm² à 20°C) – Somente para água fria; Temperatura máxima: 40°C; Tubo identificado com faixa azul; Bitolas: DN32, DN40, DN50, DN63, DN75, DN90, DN110; - PN20 (6 Kgf/cm² à 70°C) – Para água quente; Temperatura máxima: 80°C; Tubo identificado com faixa amarela; Bitolas: DN20, DN25, DN32, DN40, DN50, DN63, DN75, DN90, DN110; - PN25 (8 Kgf/cm² à 70°C) – Para água quente; Temperatura máxima: 80°C; Tubo identificado com faixa vermelha; Bitolas: DN20, DN25, DN32, DN40, DN50, DN63, DN75, DN90, DN110;FICHA TÉCNICA Página 2 de 33 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000030

2.1 NORMAS DE REFERÊNCIA NBR 15813 - Sistemas de tubulações plásticas para instalações prediais de água quente e fria: Polipropileno Copolímero Random (PP-R); NBR 5626 – Sistemas prediais de água fria e água quente — Projeto, execução, operação e manutenção.

2.2 ITENS COMPLEMENTARES Fita veda rosca; Abraçadeira Amanco Fix.

3 BENEFÍCIOS Suporta maiores temperaturas; Material atóxico e reciclável; Livre de corrosão e sem incrustações; Maior isolamento acústico; Resistência a impactos; Não requer isolamento térmico; Garantia total das juntas, soldagem por termofusão; Limpeza da instalação; Otimização de projeto, sistema conjunto de água quente e fria.

4 INSTRUÇÕES

4.1 MONTAGEM

1° Limpe o termofusor com álcool antes de iniciar a termofusão;

2° Corte os tubos com a tesoura de corte para as bitolas menores e o corta tubos para as bitolas maiores, eliminando todas as rebarbas após o corte;

3° Limpe a ponta do tubo e a bolsa da conexão que será usada para a união;

4° Marque na extremidade do tubo a profundidade da bolsa da conexão;FICHA TÉCNICA Página 3 de 33 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000030

5° Após o aquecimento do termofusor (260°C), introduza, simultaneamente, o tubo e a conexão em seus respectivos bocais. A conexão deve cobrir totalmente a face macho do bocal e o tubo não deve ultrapassar a marcação feita; Obs..: O tempo de aquecimento do termofusor é de 5 a 7 minutos.

6° Retire simultaneamente o tubo e a conexão do termofusor quando decorrer o tempo mínimo de aquecimento, conforme tabela de tempo de termofusão a seguir; Diâmetro Tempo de aquecimento Intervalo para acoplamento Tempo de resfriamento 20mm 5 seg. 4 seg. 2 min. 25mm 7 seg. 4 seg. 2 min. 32mm 8 seg. 6 seg. 4 min. 40mm 12 seg. 6 seg. 4 min. 50mm 18 seg. 6 seg. 4 min. 63mm 24 seg. 8 seg. 6 min. 75mm 30 seg. 8 seg. 6 min. 90mm 40 seg. 8 seg. 6 min. 110mm 50 seg. 10 seg. 8 min. Diâmetro Profundidade da bolsa 20mm 15,0 25mm 16,5 32mm 18,5 40mm 21,0 50mm 24,0 63mm 28,0 75mm 31,5 90mm 36,0 110mm 42,0FICHA TÉCNICA Página 4 de 33 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000030 7° Após retirar o tubo e a conexão do termofusor, introduza imediatamente a ponta do tubo na bolsa da conexão até o anel da conexão formado pelo aquecimento, respeitando o intervalo para acoplamento da tabela de tempo de termofusão. Para maiores informações sobre cálculo e procedimentos de instalação acesse o manual técnico na área de downloads no site www.amanco.com.br

4.2 TRANSPORTE E ARMAZENAGEM

No transporte de tubos, deve ser evitado: o manuseio violento, grandes flechas, colocação dos tubos em balanço e contato dos tubos com peças metálicas e salientes. Os tubos devem ser carregados e nunca arrastados sobre o solo, para evitar avarias nas pontas e bolsas. No descarregamento, devem ser evitadas quedas ao solo. Não armazenar o tubo em locais com exposição direta do sol e chuva, o tubo deve ficar em um local protegido de intempéries, seco e arejado. A altura máxima de empilhamento dos tubos não deve ultrapassar 1,0 metros.

4.3 MANUTENÇÃO 4.3.1 MANUTENÇÃO COM TARUGO

1° Acople o bocal no termofusor, aguarde até atingir 260°C e introduza a ponta macho do bocal no furo;

2° Com o bocal para reparos já colocado no furo, introduza o tarugo para reparos no lado fêmea do bocal;

3° Após 5 segundos, retire o bocal para reparos do tubo e também o tarugo do termofusor. Com ambos aquecidos, introduza o tarugo no furo;FICHA TÉCNICA Página 5 de 33 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000030 4° Aguarde 2 minutos para o esfriamento e corte a ponta restante do tarugo;

4.3.2 MANUTENÇÃO COM LUVA SIMPLES

1° Corte perpendicularmente a parte do tubo danificado.

2° Limpe a superfície externa que será termofusionada com álcool.

3° Puxe o tubo para fora da canaleta da parede. Introduza, simultaneamente, o tubo no bocal fêmea do termofusor e a luva no bocal macho. Aguarde o tempo necessário, conforme a tabela de tempo de termofusão, e introduza a luva no tubo aquecido.

4° Após a fusão da luva em uma das pontas do tubo, coloque o bocal macho na outra bolsa da luva e mantenha o dobro do tempo recomendado na tabela de tempo de termofusão, retirando o termofusor em seguida.FICHA TÉCNICA Página 6 de 33 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000030

5° Insira imediatamente o bocal da fêmea do termofusor na outra ponta do tubo que está na parede, mantendo o tempo recomendado na tabela de tempo de termofusão.

6° Por fim, insira imediatamente a ponta do tubo na bolsa da luva, pressionando o tubo para sua posição original na canaleta na parede.

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Sobre a loja

A TUBO CENTRO foi fundada em 1991 com o propósito de fornecer materiais Hidráulicos e Elétricos de qualidade e a preços competitivos, contando com um suporte de atendimento que traga tranquilidade aos seus clientes. Sabemos e gostamos de fazer isso!

Social
Selos
  • Site Seguro

IRMÃOS FROIS ROSSI LTDA - CNPJ: 66.851.742/0001-39 © Todos os direitos reservados. 2021