Tê Gás Amanco

Código: 7QDHQMUMG Marca:
Opções de Diâmetro (mm):

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Tê Gás

 

CONEXÃO DE PRENSAR PARA GÁS

conexão de prensar para gás é constituída de estrutura em latão forjado e niquelado, anel isolante em policarbonato, anel em aço inox e anéis de vedação interna com borracha NBR com dupla vedação. Para atender com excelência às especificações de cada aplicação, a conexão de prensar para gás está disponível nos diâmetros 16, 20, 26 e 32. A conexão de prensar para gás é capaz de promover um excelente desempenho, muito mais segurança a partir dos anéis de vedação incorporados e rápida instalação graças ao eficiente mecanismo de prensagem padronizada.

TIPOS DE CONEXÃO DE PRENSAR PARA GÁS

A fim de compor todo o sistema de distribuição e transporte de gases com segurança e maior adaptabilidade, o mercado conta com uma linha completa de conexão de prensar para gás, capazes de atender a inúmeras especificações técnicas, motivo pelo qual são fabricadas nos mais diversos tamanhos e formatos. A linha de conexão de prensar para gás é composta por cotovelo fêmea com e sem flange, cotovelo macho, cotovelo de prensar, tê, tê de redução, tê fêmea e tê macho, redução, união, conectores macho e fêmea, conector móvel, conector fêmea com porca giratória e caixa de cotovelos flangeada, todos com especificações próprias para sistemas de gás GN e GLP.

ACESSÓRIOS PARA CONEXÃO DE PRENSAR PARA GÁS

Em suas diversas aplicações em sistemas para uso com gases combustíveis GN e GLP, a conexão de prensar para gás pode requerer a presença de acessórios, a fim de que possa cumprir com excelência sua funcionalidade. Entre os principais acessórios se destaca o uso de conector fêmea móvel com vedação o-ring e conector fêmea com vedação plana.

FICHA TÉCNICA  MULTICAMADA

1 APRESENTAÇÃO DO PRODUTO

1.1 FUNÇÃO Prover um sistema de rede de gás combustível por meio de tubos e conexões que conduzem gás liquefeito do petróleo (GLP) e gás natural (GN) em edificações.

1.2 APLICAÇÕES Aplicado na construção de redes internas e externas de alimentação de gás combustível em edificações residenciais e comerciais.

2 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Tubos multicamadas fabricados em 3 camadas: Camada interna em PE-X, camada intermediária em Alumínio e camada externa em PE; Conexões fabricadas em latão; Tubos multicamadas para uso interno são da cor amarela; Tubos multicamadas para uso externo são da cor branca (possuem proteção UV); Bitolas: 16mm, 20mm, 26mm, 32mm; Coeficiente de dilatação térmica linear do tubo: 0,026 mm/m°C; Condutividade térmica: 0,45 W/mK; Rugosidade interna do tubo: 7µm; Juntas unidas por processo de prensagem mecânica do anel perfil B (KSP1) e perfil TH (KSP11); Pressão máxima de serviço: 5 Bar; Temperatura de serviço: -20°C à +60°C; Padrão da rosca: BSP; Válvulas do tipo esfera, com abertura em 1/4 de volta; Condução de GLP e GN; A utilização desse sistema não é indicada em instalações de ar comprimido ou outros gases.

2.1 NORMAS DE REFERÊNCIA ABNT NBR 15526-2007 – Redes de distribuição interna para gases combustíveis em instalações residenciais e comerciais; ISO 17484:2006 – “Plastic piping systems - Multilayer pipe systems for indoor gas with maximum operating pressure of 5 bar (500kPa) - Part 1 and Part 2”;FICHA TÉCNICA Página 2 de 21 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000024 ISO 18225:2007 - Plastics piping systems -- Multilayer piping systems for outdoor gas installations -- Specifications for systems; EN331:1998 – Manually operated ball valves and closed bottom taper plug valves for gas installations for buildings.

2.2 CERTIFICAÇÕES Kiwa Quality – KIP-079619/03 (Tubo aplicação interna) Kiwa Quality – KIP-093454/01 (Tubo aplicação externa)

2.3 ITENS COMPLEMENTARES Fita veda rosca.

3 BENEFÍCIOS Alta resistência à corrosão; Flexibilidade dos tubos, permitindo instalação de grandes trechos sem necessidade de conexões; Montagem fácil, rápida e segura (Estanqueidade garantida); Tubos fornecidos em bobinas, leve e de fácil manuseio; Menor perda de carga, devido a redução do número de conexões.

4 INSTRUÇÕES

4.1 MONTAGEM

1° Corte do tubo deve ocorrer utilizando a tesoura corta tubos Amanco gás, o corte deve ser realizado perpendicular ao eixo do tubo, sem irregularidades.

2° Calibração/Chanfro deve ser feito utilizando o calibrador de tubos Amanco gás, conforme bitola do tubo multicamada a ser instalado. É obrigatório o uso da ferramenta de calibração/chanfro na montagem, pois a ferramenta além de deixar o diâmetro interno correto, realiza o chanfro no diâmetro interno do tubo, evitando cantos vivos que possam danificar os anéis de vedação durante a inserção do tubo na conexão.FICHA TÉCNICA Página 3 de 21 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000024 A ferramenta calibradora/chanfradora deve ser utilizada até o fundo, para que a fresa da ferramenta quando rotacionada com força no tubo possa realizar o chanfro interno.

3° A inserção da conexão no tubo deve ocorrer de forma reta sem rotacionar até que o tubo apareça na janela de inspeção da conexão. Não utilizar lubrificante ou qualquer tipo de artifício para facilitar a inserção!

4° A prensagem (também chamada de crimpagem) deve ser realizada utilizando as ferramentas de prensagem manual ou elétrica da linha Amanco gás, o perfil de prensagem da conexão é o perfil B (KSP1) ou perfil TH (KSP11); Com a conexão já inserida no tubo conforme o 3° procedimento, posicione o mordente da ferramenta de prensagem no anel plástico, feche a parte superior da ferramenta e prense até o limite da ferramenta. Certifique-se que a ferramenta esteja perpendicular à conexão/tubo.

5° Pronto, a montagem da conexão está realizada, para certificar que a prensagem está correta, pode-se fazer a medição conforme pontos da figura abaixo: Diâmetro Diâmetro A máximo (mm) Diâmetro B máximo (mm) DN 16 16,60 17,80 DN 20 20,65 21,85 DN 26 26,60 27,90 DN 32 32,65 33,90FICHA TÉCNICA Página 4 de 21 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000024 OBS: Ao finalizar o serviço de prensagem, guarde a ferramenta de prensagem sem as matrizes, a fim de prolongar a vida útil da ferramenta.

4.1.1 TRANSIÇÕES Para transição com outros sistemas, utilizar as conexões de transição roscáveis.

4.1.2 RAIO DE CURVATURA O raio mínimo de curvatura deve ser de 5 vezes o diâmetro externo do tubo, para facilitar a curvatura, a linha Amanco gás possui molas curvadoras para as bitolas de 16 e 20mm e uma ferramenta curvadora de tubos para as bitolas de 26 e 32mm.

4.1.3 PROTEÇÃO ANTI-CORROSÃO As conexões da linha gás multicamadas podem sofrer corrosões quando estão em contato com a parte interna da parede ou em contato com produtos para limpeza do ambiente. A fim de evitar esse problema, é sugerido a utilização de fitas anticorrosivas. A fita anticorrosiva não deve conter cloro, amônia, sulfato e nitrato. É recomendado fazer o teste de estanqueidade da rede antes de aplicar a fita anticorrosiva.

4.1.4 REGULAGEM DA FERRAMENTA

1° Abrir o pegador da chave e apoiá-la em um local firme.

2° Inserir a chave “L” no furo central da ferramenta e girar no sentido anti horário para destravar;FICHA TÉCNICA Página 5 de 21 Ligue Amanco: 0800 701 8770 – www.amanco.com.br – FTC000024

3° Rotacionar conforme ajuste desejado e girar a chave “L” para travar novamente.

4° Por último fechar o pegador da chave e está pronta para utilização.

4.2 VÁLVULAS As válvulas devem ser instaladas conforme projeto, não devem ser embutidas e cobertas com argamassa; O local de instalação não deve ser muito próximo à parede que impeça a abertura e fechamento da válvula; A válvula deve ficar desobstruída de móveis, eletrodomésticos ou outro que impeça o manuseio; Para as válvulas com espigão, inserir a mangueira de gás no espigão e prendê-la com uma abraçadeira metálica. As válvulas devem funcionar completamente aberta ou completamente fechada, não poderá ser utilizada parcialmente aberta ou fechada.

4.3 TRANSPORTE E ARMAZENAGEM Estocar o material em sua embalagem original, em local protegido contra intempéries (livre de sol e chuva). O local de estocagem deve ter ventilação, produto não pode ficar em local quente, nem em contato direto com o solo úmido. 4.4 MANUTENÇÃO A manutenção da rede de gás deve ser realizada por um profissional qualificado, antes de iniciar a manutenção, é necessário fechar a válvula geral de fornecimento de gás e aguardar o esvaziamento do sistema. Caso a válvula apresente defeito, ela deve ser trocada por inteiro, não poderá ser feito o conserto, ou a troca de partes. A limpeza deve ser feita com um pano úmido e sabão neutro, não fazer força excessiva na limpeza

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Adicionar Estoque: Disponível

Para mais informações entre em contato conosco através do telefone (19) 3243-4130 ou através do Fale Conosco

Sobre a loja

A TUBO CENTRO foi fundada em 1991 com o propósito de fornecer materiais Hidráulicos e Elétricos de qualidade e a preços competitivos, contando com um suporte de atendimento que traga tranquilidade aos seus clientes. Sabemos e gostamos de fazer isso!

Social
Selos
  • Site Seguro

IRMÃOS FROIS ROSSI LTDA - CNPJ: 66.851.742/0001-39 © Todos os direitos reservados. 2021